Quem disse que Sinalização de Segurança não é importante?

0
157

Quem nunca se perguntou qual o motivo de tantas placas, demarcações, pinturas diferenciadas, luzes dentro de uma empresa? Por que gastar dinheiro com sinalização? É realmente necessário?

Imagine que você acabou de ser admitido em uma empresa, que ao passar pela portaria foi orientado a seguir até o departamento de Recursos Humanos para iniciar sua integração.

Passando pela empresa, você verifica que possui uma faixa de pedestres indicando que por ali é seguro transitar, você ouve um sinal sonoro de que uma ponte rolante está em funcionamento, no chão há demarcação de local para armazenagem de caixas, nas paredes possuem placas indicando a presença e tipo de extintor existente naquele local, mais adiante um colaborador da limpeza limpando o chão, portanto você identifica placa de aviso de chão molhado, há uma ampla porta distante, e acima dela descrito “ Saída”, placas de uso obrigatório de EPI, proibição ao fumo, indicação de lavabos, indicação de setores, enfim, uma infinidade de avisos que parece não ter fim.

Agora imagine-se na mesma situação, só que sem nenhuma destas sinalizações. Ao entrar provavelmente você irá fazer o caminho mais próximo conforme descrição de trajeto pelo porteiro, provavelmente terá que desviar de caixas que estarão desalinhadas, espalhadas, sem local próprio, andando pela empresa em plena produção ativa, assim ruidosa, de repente você se depara com a ponte rolante em funcionamento passando a pouca distância de sua cabeça. Andando ainda mais um pouco leva um escorregão no piso frio que está sendo limpo sem nenhuma indicação de piso escorregadio, após, ao avistar a porta branca indicada pelo porteiro como sendo do RH, você verifica que possui mais sete portas idênticas lado a lado, daí você bate uma por uma até descobrir onde é o departamento de Recursos Humanos.

Imaginando que seu dia de azar ainda não acabou, ao voltar, você ouve pessoas gritando fogo, correndo uma para cada lado, se esbarrando, sem saber para onde correr, assim um trabalhador em um ato heroico, pega o primeiro extintor e lança sobre o fogo originado de um pequeno curto de uma máquina, como o dia de terror não acabou, o extintor era de água, causando um choque elétrico ao trabalhador.

Agora pergunto-lhe, tudo isso podia ter sido evitado? Seu primeiro dia nessa empresa poderia ser simplificado, poderia você ter otimizado tempo? Poderia ter sido evitado o acidente ocorrido? Claro que sim, de uma maneira muito simples, com Sinalização!

A sinalização de segurança é um conjunto de estímulos visuais e sonoros que servem para informar e orientar os indivíduos dentro da empresa sobre a melhor forma de agir perante uma situação desconhecida, como um novo setor ou rota de fuga ou fora de controle como um princípio de incêndio ou explosões, por exemplo.

A sinalização é algo importantíssimo para as empresas, visto que garante a ordem, clareza visual, informações relevantes aos trabalhadores,

Muitos ainda argumentam: Minha empresa é pequena, não possui maquinários perigosos, possui poucos funcionários, por isso não há necessidade de providenciar sinalização…Grande engano, precisam sim!

A sinalização de segurança é obrigatória em todas as empresas que empreguem pessoas como trabalhadores. Então não importa o tamanho da empresa, ou a quantidade de trabalhadores, é indispensável que ela tenha todas as sinalizações de perigos, riscos, obrigatoriedades e também indicações das rotas seguras a serem traçadas. A sinalização não é algo que beneficia somente o trabalhador, beneficia também aos clientes que circulam pelas áreas de sua empresa.

A sinalização é algo importantíssimo para as empresas, pois é uma forma de informar os trabalhadores dos vários riscos inerentes às suas atividades, conduzindo-os a atitudes preventivas e de proteção, reduzindo o risco de acidentes profissionais.

Existem várias maneiras de sinalizar um local, através de placas, cores, avisos, sinais sonoros, sinais sonoros, demarcações, etc.

Para exemplificar e ajudar a empresa quanto a sinalização visual, vamos descrever abaixo alguns tipos mais comuns:

Sinalização de perigo: indicando Alta tensão, risco de morte, radioatividade (Pictograma negro sobre fundo amarelo, margem negra e de forma triangular).

Sinalização de emergência: Placas de Saída e Saída de Emergência fotoluminescentes, placa indicativas de chuveiros de emergência, sinal sonoro de alarme de incêndio, etc. (Pictograma branco sobre fundo verde e de forma retangular ou quadrada).

Sinalização de proibição: Proibição de fumar, proibição de transito de empilhadeiras, proibição de transito de pedestres, proibição de uso de adornos etc. (Dísticos com fundo vermelho e forma retangular).

Sinalização de obrigação: Obrigação de uso de EPI’s (óculos, protetor auricular, botas, etc) Obrigação de lavar as mãos (Pictograma branco sobre fundo azul e de forma circular).

Sinalização de incêndio: Placas indicadoras de extintores, hidrantes, porta corta fogo, etc. (Pictograma branco sobre fundo vermelho e de forma retangular ou quadrada).

Sinalização de obstáculos e locais perigosos: Faixas que assinalam o risco de choques contra obstáculos e queda de objetos ou de pessoas. (Efetuada por intermédio de faixas de cor vermelho e branco ou amarelo e negro, alternadas com superfícies sensivelmente iguais e uma inclinação de cerca de 45º. Estas faixas devem circundar, a totalidade do obstáculo ou local perigoso).

Após o descrito acima, você ainda acha que a sinalização de segurança não é importante? Como está a sinalização da sua empresa? Será que todos os pontos estão demarcados corretamente? Se você responder não para alguma dessas perguntas, já é hora de rever esse item e garantir a segurança de todos.

Você já conhece o Guia para Gestão de Requisitos Legais que preparamos? Nele é falado o passo a passo de como gerenciar melhor as legislações de Meio Ambiente, Saúde e Segurança do Trabalho que são aplicáveis ao seu negócio. Clique neste link e baixe o e-book, é grátis. Link:http://campanhas.amblegis.com.br/guia-para-gestao-de-requisitos-legais

DEIXE UMA RESPOSTA